Arquivo mensal: janeiro 2008

A história não contada da Laika

Eu vi este music video sobre a cadelinha Laika no site Zune Arts e fiquei emocionada, ainda mais porque que adoro animais. Sim, vocês lembram da cadelinha Laika? O primeiro animal no espaço? Pois bem, ela faleceu nessa viagem devido a stress e também a algum erro técnico em sua cabine. Para dar um final muito mais feliz para ela, o director de arte Roshitash Rao se inspirou em cartazes russos da década de 20 e 30, além de colagens, muitas, que criam um planeta que qualquer cachorro adoraria conhecer, com direito a árvores de carne e plantas que jogam bolinhas 🙂

Este vídeo é um entre vários muito bem feitos e produzidos disponiveis no Zune Arts, site que é uma estratégia da Microsoft em explorar a principal diferença entre o Zune e o iPod: o compartilhamento de arquivos entre aparelhos. Deste modo, ótimos artistas gráficos e boas músicas são reunidas para fazer vídeos promocionais para serem baixados no Zune. Esse site é uma boa pedida, e uma boa iniciativa da Microsoft. Quase todos os vídeos são maravilhosos e dá para baixar uma versão para o pc, além de wallpapers. Cada vídeo tem palavras dos criadores e da banda, então não fique parado e aproveite, mesmo que você não tenha o aparelho.

Extensões do Firefox para webdesign

Para quem trabalha com design de interface para web, existem algumas extensões para o Firefox que dão uma grande ajuda na hora que um site está sendo executado. Vou citar aqui 5 que eu sempre uso.

Por ordem de importância:

Uma extensão muito prática, ela da uma série de possibilidades. Dá para ver o site em outras resoluções como 800×600, desabilitar CSS ou parte dele, validar CSS e HTML, entre muitas outras funções.

Com a extensão “Web Developer” essa aqui fica desnecessária, mas ainda é uma boa. Se você for um bom desenvolvedor de sites, deve prezar para que os sites que desenvolveu estejam nas normas da W3C. Esta extensão já mostra se o site está no padrão e onde estão os erros, sem precisar ir até o site do validador.

Por mais que o Firefox e outros navegadores sejam melhores que o Internet Explorer, muita gente ainda usa o IE e seu site tem que funcionar nele por bem ou por mal (há exceções). Esta extensão abre o IE dentro do Firefox, para que você não precise abrir nenhum outro aplicativo.

De forma rápida e fácil, essa extensão mostra os blocos de CSS, dividida em Fonte, Box… tendo assim uma visualização do CSS de cada parte.

Essa extensão não é a mais importante, sendo nada mais do que uma régua com medida em pixels. Não parece muito útil, mas as vezes é preciso ver quantos pixels tem entre um lugar e outro.

Espero que usem e gostem.

Macworld 2008!

Começou há 30 minutos o maior evento do mundo Applemaníaco, o Macworld, no Moscone Center, em São Francisco.
Um evento muito esperado por todos os fãs da plataforma, com vários rumores circulando durante os últimos dis. Diante do banner instalado na frente do Moscone Center, com a frase “There’s something in the air”, muitos boatos foram levantados a respeito do que seria lançado no evento. Primeiro, foi falado sobre um novo MacBook, sem a presença de nenhum cabo, com carregamento por indução (teria apenas um cabo para carregamento normal em tomada, mas que não seria necessário em 100% do tempo). Depois, especulou-se a respeito de um HD sem fios.

Agora há pouco, acompanhando o evento pelo site www.macrumors.com, foi lançado um HD que virá com o AirPort Extreme, o roteador wireless da Apple. Se chamará TimeCapsul, trabalhando em conjunto com o TimeMachine, o programa de becape do sistema operacional Leopard. Estarão disponíveis por US$ 399 o de 500 GB e por US$ 499 o de 1TB.

overview_timecapsule_20080115.png

Foram anunciadas também alguns updates no sistema do iPhone, pequenas implementações, nada de muito importante. Webclips (botões com bookmarks que ficarão na home do iPhone), Maps mais completo, SMS com múltiplas pessoas…

Foi falado do número de vendas do iPhone, que já ultrapssou os 20 milhões de unidades.

Algumas atualizações no iPod touch fazem com que ele seja um iPhone sem o Phone, com Mail, Ações, Tempo, Mapas e Notas. O problema é que, diferente do update do iPhone, que é de graça, os usuários do touch terão que arrancar 20 doletas do bolso.

Agora, o iTunes alugará filmes on line (isso, logicamente, nos países que possuem uma iTunes Store oficial, o que não é o caso do Brasil). Eu considero isso o futuro dos filmes, ultrapassando inclusive o aluguel de DVDs. 100 títulos já estarão disponíveis hoje, e os lançamentos chegarão um mês depois dos DVDs chegarem às locadoras e lojas (um pouco longe ainda, mas acho que esse tempo dimiunuirá mais para frente). Os preços serão de 3 dólares por filme da biblioteca, 4 por lançamentos e 5 dólares por filmes em HD.

Para tudo isso, foi lançado o Apple TV 2 (já estava na hora, eu nunca achei alguma utilidade real praquilo…). Sem a necessidade de um computador, o aparelho fará streaming dos filmes direto da Internet. Acessará fotos do Flickr (a visualização do Flickr fica muito bonita no Apple TV) e .Mac, sincronizará com o iTunes. Os filmes disponíveis poderão ser vistos em preview, e ganharão estrelinhas dos usuários… (cadê a utilidade dessa coisa?). Para os brasileiros, nenhuma dessas novidades a respeito de filmes é útil, enquanto não tivermos uma iTunes Store aqui no Brasil (rumores falam de uma até o meio do ano, mas eu acho difícil…). Também será possível comprar músicas pelo iTunes direto do Apple TV. Não será um novo produto, mas um update de software gratuito que estará disponível em duas semanas (ponto pra Apple). O preço do Apple TV baixou: de US$ 299 para US$ 229.

design_displayair20080115.jpg

Entretanto, o que todos esperavam foi anunciado: o MacBook Air. “The World’s Thinnest Notebook”, segundo o próprio Steve Jobs. Com 0.76″ de altura, é mais fino que o mais fino notebook do momento, a série TZ da Sony. Com display de LED com 13″, tem fecho magnético e iSight embutida. Teclado com sensor de ambiente para luz. Trackpad multi-touch, aonde você pode rodar e redimensionar fotos, mover janelas e fazer zoom (incrível, maravilhoso! :D), bem maior do que os trackpads normais. HD de 80 GB com 1.8″ de altura (ou 64 GB de memória flash, por um preço módico de 1000 dólares!. Mais rápido e mais seguro, mas super mais caro!). Disponível com chips Core 2 Duo de 1.6 e 1.8 GHz. Virá apenas com uma porta USB, sem drives ópticos (um externo será vendido por US$ 99, e poderão ser utilizados externos de terceiros, captados através do WiFi das máquinas – fantástico – ). Além disso, uma entrada Micro-DVI, saída de áudio, WiFi 802.11n e Bluetooth 2.1. 5 horas de bateria, 2 Gb de memória padrão (uau). Pela SIMPLES bagatela de US$ 1800!

design_keyboardair20080115.jpg
design_gal12_20080115.jpg

Vocês não fazem idéia… pelas fotos vistas, o notebook é lindo! Fino como uma prancheta, como a Bamboo Fun resenhada aqui no blog! Vou ter que arrebentar meu porquinho da poupança pra ter um desses…

design_thinair20080115.jpg

Jobs também se preocupou com o meio ambiente. Diferente dos MacBooks tradicionais, que são de acrílico (e pouco recicláveis), esse será de alumínio. Também é o primeiro computador cujo monitor de LED não tem chumbo ou mercúrio, e sua caixa será 56% menor do que as outras (também, com aquele tamanho… ¬¬).

specs_peripheral20080115.png

O design do bichinho é “almofadado” como o dos iPods nano, todo em alumínio, fino demais. O trackpad é grande, para a liberdade dos movimentos multi-touch. O teclado é preto, com sensor de luz ambiente. Pesará apenas 1.36 Kg, com medidas de 1.94 de altura com 22.7 X 32.5 cm! Tela de 13.3″.

Infelizmente, esse foi o último anúncio da feira. Não tivemos o conhecido e esperado “one more thing”.

Confira mais imagens espetaculares no site: www.apple.com/macbookair

Remember The Milk

Remember The Milk logo

Você já esqueceu de tomar seu leite de manhã? Eu não, porque não tomo leite de manhã, mas já esqueci de fazer várias coisas e cansei de fazer listas de tarefas no papel. Comecei a procurar por um serviço que fazia listas de tarefas na internet, e achei o site Remember The Milk (lembre-se do leite). De forma descontraída (como o nome do próprio site sugere), cria-se listas de tarefas através de uma interface fácil de usar que dispõe dos recursos da web 2.0.

Quais os recursos?

  • No site

Pode-se dividir as tarefas em categorias, o site já tem uma pré divisão: Estudo, Trabalho e Pessoal. Mas pode ser acrescentada quantas categorias forem necessárias. Cada tarefa pode ser configurada com: Limite (De tempo para a tarefa), Repetir (A tarefa, semanal, mensal, anual), Tempo estimado (Para realizar essa tarefa, minutos, horas…), Tags (Para facilitar na busca das tarefas), Localidade (Aonde vai acontecer a tarefa), URL (Vinculada a essa tarefa) e Notas.

  • Auxilar ao site

Além desses recursos para criar suas listas de tarefas no site, existem vários recursos fora do site para facilitar o uso do RTM. Se você é usuário de Firefox e Gmail, existe uma extensão para o Firefox que faz com que apareça um aplicativo na sua conta no Gmail onde é possível visualizar suas tarefa e também incluir tarefas. Se você não usa FF nem Gmail dá para incluir tarefas no site através do seu email, mandando uma mensagem com a tarefa. Fora isso, receba lembretes das suas tarefas via email, SMS, e mensagens instantâneas (AIM, Gadu-Gadu, Google Talk, ICQ, Jabber, MSN, Skype e Yahoo! são todos suportados). Ainda existe a possibilidade de ter o RTM no iPod e iPhone, celular, Twitter, entre outras. Veja todos o serviço no site.

Entre em www.rememberthemilk.com , cadastre-se, organize-se, e não esqueça mais das suas tarefas.

Remember The Milk Interface

 

Tablet Wacom Bamboo Fun

Esses dias botei a mão num dos lançamentos da Wacom, a Bamboo Fun. Uma mesa digitalizadora muito simpática, com design bem Apple, extremamente confortável.

Convenhamos, eu sou canhota. Todo mundo por aí pode dizer que isso não tem nada a ver, mas no meu caso, tem. Eu faço coisas com a mão direita também, o que me torna uma ambicanhota (segundo o dicionário, sem habilidade com nenhuma das mãos). Estava certa de mais um fiasco, pois já tinha tido experiências traumáticas com tablets, mas tenho que admitir que fiquei impressionada com meus resultados na Bamboo. As características dela fazem com que ela pareça muito com lápis e papel. A àrea para desenho é feita de um material pouco abrasivo, mas um pouco áspero, o que garante a resistência da caneta no material. São 512 níveis de pressão detectados pela mesa, o que faz com que sua precisão seja incrível! O revestimento de borracha da caneta”gruda” ela melhor na mão, mas a ponta da caneta que funciona como apagador dá um pouco de aflição na hora do uso, por ser de um plástico mais liso. Acompanhando a tendência wide, a Bamboo tem sua área retangular, e não mais quadrada.

bamboo01.jpg

Mesmo não sendo voltada apenas para o público profissional como a linha Intuos (na verdade, parece um produto que fica entre os dois tipos de consumidor), possui vários botões funcionais na mesa (diferente da linha Graphire), os chamados ExpressKeys. São quatro botões analógicos (que podem ser programados com o driver que acompanha o produto) e o TouchRing, uma área sensível ao toque que pode funcionar como zoom ou scroll, muito útil naquela hora em que você nãopode largar a caneta para utilizar os atalhos de teclado.

Entretanto, parece que a Wacom pensa que todos trabalhamos em ambiente assépticos, sem um grão de poeira. A Bamboo Fun é branca (pelo a menos a que eu testei. Também está disponível nas cores preta, prateada e azul)! E fosca! Pra quem utiliza tablets com freqüência, sabe que fica esfregando o braço em cima do equipamento. Em um mês, sua linda tablet branquinha pode estar amarelada ou encardida, precisando de limpeza constante.

bamboo02.jpg

O modelo Fun vem com a caneta e o seu apoiador e também com um mouse sem fio (que aliás, também é branco fosco, mas desliza muito bem sobre a tablet, graças a um pedaço de tecido tnt que vem embaixo). Destaque para o cuidado da Wacom na hora de acondicionar tudo na caixa, que também vem com o cabo, ponteiras extras (muito útil!) manuais (com uma caixinha bastante parecida com a dos produtos Apple), CD de drivers (para Mac e PC) e CD com bundle software (Photoshop Elements, Corel Painter Essentials e Nik Color Efex, muito legal, pronto para trabalhar).

bamboo03.jpg

Não confunda os produtos. Existe a Bamboo e a Bamboo Fun. A Bamboo tem uma cara mais séria (tipo a Intuos), vem sem o mouse sem fio (mas está mais barata, por volta de R$ 270) e está disponível apenas no tamanho pequeno e na cor preta. O nome Bamboo vem da história de que, da mesma forma como os primeiros instrumentos de escrita na Ásia foram criados com bambu e pele, a Bamboo da Wacom reinventam a caneta para o século 21 e oferecem uma nova liverdade de escrita para a nossa época.

A Bamboo Fun é uma tablet para quem não precisa de tudo o que a Intuos oferece, ou não tem o dinheiro para comprar uma.

bamboo04.jpg

Nos tamanhos pequeno e médio, os preços são bastante aceitáveis não só no exterior, mas também aqui no Brasil (perece que essa frase vem se tornando mais popular ultimamente). A pequena está diponível por R$ 432, e a média por R$ 810 (preços sugeridos).
Tamanhos:

Pequeno: 8.4″ x 7.3″, com àrea ativa de 5.8″ x 3.7″

Médio: 11″ x 9.3″, com àrea ativa de 8.5″ x 5.3″

Site do produto: www.wacom.com/BambooTablet/bamboofun.cfm

Campus party

1175102719_pab01.jpg

Você que é nerd, geek, aficcionado por tecnologia, astronomia, games, modding, ou é simplesmente um curioso que adoro grandes encontros de pessoas, não pode perder o Campus Party 2008!

Pela primeira vez no Brasil, o evento antes só acontecia em países com língua espanhola, como Espanha e Colômbia. Neste ano, nosso país sediará o evento, que acontecerá no prédio da Bienal, nos dias 11 a 17 de Fevereiro. Serão muitos eventos, a maioria muito bons, que vão marcar a reunião.

Mas, afinal, o que é o Campus Party?

Basicamente, é o evento que você, tech lover, não gostaria de perder. Campus Party é considerado o maior evento de entretenimento eletrônico em rede do mundo. Um encontro anual realizado desde 1997, que reúne, durante sete dias, milhares de participantes com seus computadores procedentes de toda a Espanha e de outras nações, com a finalidade de compartilhar curiosidades, trocar experiências e realizar todo o tipo de atividades relacionadas a computadores, às comunicações e às novas tecnologias.

Os participantes da Campus Party mudam-se com seus computadores, malas e barracas para dentro das instalações do evento. Lá encontram uma completa infra-estrutura de serviços, lazer, higiene, segurança, alimentação e, principalmente, tecnologia. Durante uma semana a Campus Party transforma-se na casa de todos. Participam do evento estudantes, professores, cientistas, jornalistas, pesquisadores, artistas, empresários e curiosos. Todos buscam as últimas novidades tecnológicas, a troca livre de conteúdos e o compartilhamento de experiências ligadas ao mundo digital.

Muitos famosos, como Stephen Hawking e Neil Armstrong, já participaram do evento. Neste ano, também teremos participações interessantes, como o astronauta brasileiro Marcos Pontes, o “pai da internet brasileira” Demi Getschko, Steven Johnson (autor do livro Cultura da Interface), Marcos Magalhães (um dos criadores do Anima Mundi), Luis Fernando Magalhães Soares (criador do Ginga, o middleware da TV Digital brasileira) e Jon “Maddog” Hall, uma das mais respeitadas figuras do movimento internacional de software livre.

Além da presença desses palestrantes no CP, também acontecerão muitas oficinas, concursos, atividades e competições. Estarão divididos em 10 assuntos: Astronomia, CampusBlog, Criação, Desenvolvimento, Games, Modding, Música, Robótica, Simulação e, claro, Software Livre.

Não perca as palestras sobre astrofografia, a oficina com Instituto e DJ Ganjaman, o robô QUASI, o filme livre “Elephants Dream” e as competições de games, como o Call of Duty 4.

Será organizada e montada uma grande estrutura para que os mais de 3000 participantes tenham conforto, segurança e higiene. Segundo o site, o evento será dividido em duas grandes zonas:

– Área 1: Arena, Lazer e Serviços
– Área 2: Expo e Inclusão Digital

Arena

Aqui milhares de participantes inscritos na Campus Party instalam seus computadores e tomam seus lugares para uma maratona de atividades ligadas às 10 áreas temáticas (Astronomia, Robótica, Criação, Desenvolvimento, Software Livre, Games, Simulação, Modding, Música e CampusBlog). Todos têm à disposição uma poderosa conexão de 5Gb. Este é o ponto de encontro para o intercâmbio de experiências, idéias e conhecimentos. Um centro privilegiado de inteligência com espaços especialmente equipados para conferências, oficinas, palestras e shows.

Lazer

Um local pensado para dar opções de relaxamento e diversão a todos os participantes da Campus Party . Quadras para prática de esportes, jogos de salão, cinema, vídeoclube, música, shows com DJs e VJs, paintball, livraria e lojas. Também na área de lazer as grandes marcas mundiais de tecnologia vão colocar à disposição do público suas últimas inovações em produtos voltados ao entretenimento digital.

Serviços

Neste setor os participantes e visitantes do evento desfrutam de uma completa infra-estrutura de serviços, com refeitório atendendo todas as refeições do dia, restaurantes, lanchonetes, banheiros, vestiários, lavanderia, supermercado e lojas. Para os previamente inscritos, há uma área reservada para a montagem de barracas com segurança 24 horas, onde poderão ser guardados objetos pessoais, roupas e equipamentos.

Expo

Setor onde os participantes, visitantes e convidados fazem contato direto com as novidades tecnológicas apresentadas pelos maiores fabricantes mundiais de produtos desenvolvidos para o mundo digital. Aqui os patrocinadores do evento instalam stands e apresentam ao público suas mais novas invenções, antecipando tendências de mercado e permitindo que cada participante conheça de perto e teste ao vivo o futuro da tecnologia e do entretenimento digital.

Inclusão Digital

Ambiente especialmente preparado para receber quem quiser dar os primeiros passos na internet. Em parceria com a prefeitura, milhares de professores e alunos da rede pública serão convidados a conhecer o mundo digital, visando despertar o interesse pela sociedade em rede. A área de inclusão digital pretende incentivar as classes menos favorecidas da população a aplicar a tecnologia em suas vidas pessoais e profissionais.

Apenas um problema, no meio de tanta coisa boa: o preço da inscrição. Para participar do evento durante uma semana, será necessário desembolsar 100 reais (e caso queira também o pacote de alimentação, serão 100 reais a mais). Se você acha que vale a pena corra, porque restam menos de 600 vagas, e o evento já está próximo.

Arrume sua mala, separe sua barraca e todos os seus apetrechos tecnológicos (é legal levar seu computador, um dos pontos centrais do CP. Só não se esqueça de levar o kit completo), como seu celular, games portáteis (ou não, quem sabe?), computador (desktop ou laptop) e tudo o mais que você achar que pode ser útil para usar no evento (não esqueça de benjamins, ráguas de enrgia a extensões. O evento fornecerá apenas uma tomada e uma saída de rede por participante). Para uma lista mais completa, veja aqui.

Passe pelo site do evento e confira: www.campusparty.com.br

Nos vemos lá!